Muito se fala sobre cirurgia de hemorroida e, na maioria das vezes, é que dói, não funciona (a hemorroida volta), que o ânus sofre alterações drásticas, podendo até ficar frouxo ou apertado.

Quem nunca ouviu uma pessoa falar “que um conhecido operou várias vezes e não ficou bom”? Pois é, por isso estou aqui para falar tudo o que você precisa saber sobre cirurgia de hemorroida.

Primeiro, vamos aos fatos: existem vários tipos de hemorroida e, para cada um deles, é indicado um tratamento específico. Para saber mais, sugiro a leitura deste post “Quais os tipos de hemorroida e como identificar?”.

Somente 30% das pessoas que sofrem de hemorroida são operadas — a maioria trata a doença apenas com cuidados diários, remédio e pomada indicados pelo coloproctologista. 

Outro ponto importante é que existem vários tipos de cirurgia, também indicadas para casos diferentes. Vamos entender melhor a seguir.

Marque consulta

Como a cirurgia de hemorroida é realizada na maioria das vezes?

A cirurgia de hemorroida retira as veias dilatadas que causam dor, desconforto, caroços no ânus e sangramento.

A anestesia é raquidiana, ou seja, com sedação leve. Sabe o que é a anestesia raqui? Sua aplicação é realizada na baixa coluna. Trata-se do mesmo tipo de anestesia realizada em partos normais. Em geral, ela não causa dor. Algumas pessoas sentem apenas um fluido quente passando pelas pernas.

O tempo de cirurgia é de 30 minutos, e é necessário apenas de um dia de estadia no hospital para monitoramento médico.

A recuperação se dá em 15 dias e, após esse período, o paciente pode voltar normalmente às atividades, tendo que evitar, apenas, o consumo de  temperos, pimentas, bebida alcoólica e exercícios por mais 30 dias.

Quais cuidados devo ter após a cirurgia de hemorroida?

O mais importante na cirurgia de hemorróida é o acompanhamento pós-operatório do médico. Como o ânus é uma região do corpo sensível, que cicatriza com a intervenção do funcionamento natural do corpo (fezes), diferente de outros locais, a recuperação é muito mais lenta, o que assusta e deixa as pessoas que ficam inseguras

A presença do médico explicando e encorajando o paciente facilita o pós-operatório, por isso é tão importante escolher um médico da sua confiança.

Nos primeiros dias após a cirurgia, o uso de medicamentos para dor e de laxante suave para amaciar as fezes facilita a recuperação. 

À medida que o tempo passa, a dor e o incômodo diminuem. A primeira semana é a mais difícil, pois a expectativa da evacuação em cima de um lugar operado aterroriza. Mas é um processo que faz parte. 

Dra Hilma

Dicas da Dra. Hilma 

A cirurgia de hemorroida assusta, a fama é ruim, as pessoas têm medo de operar, sentem dor antes de operar e sempre acham que alguma coisa errada vai acontecer, porque existem muitos boatos e mitos sobre o assunto. 

Se você precisa operar, tome duas importantes atitudes: não dê ouvidos a opiniões e escolha o coloproctologista de sua confiança. Resolva seu caso antes que piore. 

Bom, isso é tudo o que você precisa saber sobre cirurgia de hemorroida. Se você estiver precisando de uma consulta para tirar suas dúvidas e resolver seu problema, agende a sua agora mesmo clicando aqui.

Compartilhe

comments
Fechar Menu
WhatsApp Hemorroidurgente
ENVIAR