Banho de assento para hemorroida: funciona mesmo?

Banho de assento para hemorroida: funciona mesmo?

Quando algo não vai bem com o nosso corpo, a primeira coisa que vem à cabeça é: “qual remédio devo tomar”? Ainda bem que os remédios existem. Eles aliviam dores, desconfortos e possibilitam longevidade quando bem administrados e usados.

Mas, além dos remédios sintéticos, também existem os remédios naturais, grandes aliados da humanidade desde os primórdios da vida na Terra. O banho de assento para hemorróida, por exemplo, é um dos remédios caseiros mais eficazes e conhecidos no tratamento da doença.

Se você duvida desse método como uma alternativa de cura, saiba que não é o único. Muitas pessoas, acostumadas com os remédios sintéticos, não apostam nessa opção. Vamos, por isso, contar para você se o banho de assento para hemorroida funciona mesmo ou se é apenas mais um mito sobre a doença.

Como funciona o banho de assento? É eficaz ou não para hemorróida?

É eficaz sim, e muito! Pacientes que fazem diariamente o banho de assento sentem-se mais confortáveis e possuem uma cura melhor. Bem, o banho de assento pode ser feito de acordo com a disponibilidade de tempo da pessoa, mas recomenda-se que, nas crises de hemorroida mais sérias (dolorosas e inchadas), seja realizado diariamente, por 10 minutos.

Mas, como funciona o banho de assento?

Ele é feito com água morna pura ou misturada a ervas naturais como tanchagem, folha de algodão e hamamelis. Ainda, é possível misturar um pouco de sal à água. Coloque sua água morna em uma bacia e assente-se por 10 minutos, pelo menos.

Dicas de ouro:

  • As nádegas devem permanecer dentro da água, e não no vapor, como algumas pessoas recomendam;
  • A água deve estar morna! Cuidado para não queimar a região, que fica ainda mais sensível com hemorróida;
  • Não realize em hipótese alguma a adição de substâncias como álcool, vinagre, cebola, limão ou outras receitas caseiras que não tenham sido recomendadas pelo seu proctologista. A região anal é extremamente delicada, e uma substância imprópria pode piorar a situação.

Quais são os efeitos do banho de assento para hemorroida?

É a mais pura verdade que esse remédio caseiro alivia, mas não cura a hemorróida, sendo apenas um complemento para o tratamento. Sendo assim, se sentir algum desconforto ou desconfiar que está com hemorróida, nada de se automedicar e realizar o banho considerando que vai passar!

Pessoas que adiam o tratamento acabam se dando mal, porque a doença pode chegar a um ponto de tratamento cirúrgico. Dessa maneira, lembre-se de que o banho de assento funciona da seguinte maneira:

  • Como um antiinflamatório;
  • Relaxando o ânus;
  • Diminuindo a dor e o inchaço;
  • Reduzindo as secreções;
  • Melhorando a circulação do sangue;
  • Eliminando as células mortas e a inflamação local.

Dicas da Dra. Hilma

Hemorroida tratamentoO banho de assento existe há muitos anos, desde quando não existiam os remédios que temos hoje em dia, e ele é ótimo para aliviar o desconforto das crises de hemorroida. Mas, como tudo em excesso faz mal, saiba que banhos de assento de 20 minutos de  3 a 4 vezes ao dia pode causar candidíase e infecção urinária nas mulheres devido à umidade na vagina. Portanto, siga sempre as orientações do seu médico.

Sabe aqueles assuntos sobre hemorroida, saúde anal e do intestino que você sempre quis saber mas nunca teve coragem de perguntar? Aqui no blog do Hemorroidurgente você encontra! Venha conferir!

Autor

Dra. Hilma Nogueira da Gama
Dra. Hilma Nogueira da Gama
CRM-MG 16.386

Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa.

Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.

Compartilhe

comments

Dra. Hilma Nogueira da Gama

CRM-MG 16.386 Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa. Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.
Fechar Menu