Sangue nas fezes: por que acontece e como tratar?

Sangue nas fezes: por que acontece e como tratar?

Quando sai sangue em alguma parte do nosso corpo, já ficamos em alerta. Se, ao evacuar, notamos a presença de sangue nas fezes, é sinal de que algo não está certo no organismo, seja devido a uma pequena fissura na região anal ou por um problema mais grave.

É sempre bom lembrar que o sangue nas fezes se apresenta de diferentes maneiras: sangue vivo que chega a pingar no vaso sanitário, oculto — sai pouco, e não chega a ser visto a olho nu — ou misturado com catarro nas fezes

Por que pode aparecer sangue nas fezes?

As causas mais comum são:

  • Fissura anal: ferida no ânus que geralmente causa dor e dificuldade na evacuação;
  • Fístula: enrijecido e dolorido na parte externa do ânus,
  • Pólipo: acúmulo de pele revestida por mucosa, de forma similar a uma verruga, que pode se desenvolver em câncer, se não tratado;
  • Doenças do intestino: retocolite ulcerativa (inflamação que acomete o cólon e o reto) e doença de Crohn (pode acometer qualquer ponto do trato digestivo, desde a boca até o ânus).;
  • Câncer;
  • Intestino ressecado;
  • Diarreias por parasitas (como a amebíase).

Sangue oculto e câncer: existe relação?

O sangue oculto não é um sinal de câncer, como muitas pessoas pensam. Ele é um aviso para que consulte com um coloproctologista para descobrir a causa e tratar a disfunção. Informações superficiais e erradas espalhadas na mídia e na internet desorientam as pessoas. Assim, elas ficam preocupadas sem saber o que fazer e a quem procurar quando recebem o resultado do sangue oculto positivo.  

O médico tem obrigação social de compartilhar informação de qualidade, por isso, responderei às perguntas mais recorrentes no meu consultório.

Como evitar o sangue nas fezes?

Para evitar qualquer tipo de doença no intestino e no ânus, você precisa levar uma vida saudável e adotar uma dieta rica em fibras e ingestão de líquidos. Além disso, faça check-ups periódicos, pratique atividade física e, se você tiver idade superior a 45 anos, também deve realizar exame de colonoscopia — saiba mais sobre o assunto no post “Como é feito o exame de colonoscopia?”.

Dicas da Dra Hilma

“O meu exame de sangue oculto foi positivo: isso significa que estou com câncer?”; “Repeti o exame de sangue oculto: primeiro, deu positivo e, agora, negativo. Preciso consultar com um proctologista?”; “Fiz 3 vezes o exame de sangue oculto e 1 foi positivo e 2 negativos. O que isso quer dizer?”.

A resposta para estas dúvidas é: basta o resultado ter sido uma vez “positivo” para você precisar consultar com um coloproctologista. Não se apavore! Não quer dizer que você está com câncer, os motivos podem ser vários. Somente a partir do exame o especialista irá descobrir a doença que causou o sangue oculto positivo e tratará de acordo.

Além do sangue nas fezes, outro incômodo recorrente é a dor ao evacuar. Ela é mais comum do que você pode imaginar! Saiba mais neste post que preparamos para você.

Autor

Dra. Hilma Nogueira da Gama
Dra. Hilma Nogueira da Gama
CRM-MG 16.386

Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa.

Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.

Compartilhe

comments

Dra. Hilma Nogueira da Gama

CRM-MG 16.386 Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa. Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.
Fechar Menu