Caroço no ânus: saiba o que pode ser

Caroço no ânus: saiba o que pode ser

Assim como em outras partes do corpo, existem veias na região anal — quando elas inflamam e incham, que desenvolvem a hemorroida. Em determinados casos, as veias sofrem trombose, ou seja, o sangue dentro delas endurece, formando um caroço no ânus (na extremidade), muito dolorido, dificultando as atividades normais, como por exemplo, sentar-se.

Descubra quais são as principais causas desse problema e os tratamentos indicados.

Crise hemorroidária X Doença hemorroidária

Existe uma diferença entre ter uma crise e ter a doença hemorroidária. A crise é mais comum: surge um caroço no ânus sem mais nem menos, a chamada trombose. Muitas pessoas têm quando viajam, mudam a dieta ou fazem esforço físico além do que estão acostumadas.

A crise também é comum em grávidas devido ao peso do neném, que pressiona as veias da região anal. Prisão de ventre deixa as fezes ressecadas, fazendo forçar e até arrebentar as veias, e a diarreia, por ser ácida, também irrita a região.

A crise hemorroidária é tratada com remédio, e pode ser que nunca mais ela surja novamente ou pode ser que sim, mas sem chegar a ponto de precisar de cirurgia para retirada da hemorroida.

Na doença hemorroidária, a pessoa tem várias crises com as seguintes características: ânus inchado, nódulos dolorosos e sem causa aparente. O tratamento geralmente apenas alivia a dor e o desconforto, mas não resolve. As crises são recorrentes, e a alternativa passa a ser a cirurgia.

Hemorroida tratamentoDicas da Dra Hilma

Você teve uma crise que passou até sem remédio? Ótimo! A maioria das pessoas passa por isso: aparece do nada um nódulo muito dolorido, endurecido e roxo, que incomoda, mas melhora sozinho (às vezes murcham ou se rompem por algum motivo, eliminando o sangue interno coagulado).

Quando o nódulo estoura por algum motivo, simplesmente melhora com o tempo — durante o período de 15 dias, é indicado manter-se em repouso, evitar temperos, pimentas e bebidas alcoólicas, bem como o uso de papel higiênico, e tomar remédio prescrito pelo médico.

Se você teve uma bolinha que apareceu e depois de 20 dias não melhorou, consulte com um coloproctologista para saber o tratamento adequado. Muito provavelmente, precisará de remédios, pomadas e cuidados com o local.

Agora, caso você sempre passe por esse problema de inchaço e dor no ânus, saiba que pode desencadear o caroço no ânus, a trombose. Por isso, é importante ir ao médico quando os sintomas se apresentarem, para evitar pioras e tratar rapidamente, evitando a necessidade de passar por uma operação.

As doenças que acometem o ânus estão relacionadas e, se não tratadas, podem desencadear outras ainda mais sérias. A fístula pode parecer algo simples, mas também merece atenção. Saiba neste post tudo sobre fístula anal.

Autor

Dra. Hilma Nogueira da Gama
Dra. Hilma Nogueira da Gama
CRM-MG 16.386

Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa.

Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.

Compartilhe

comments

Dra. Hilma Nogueira da Gama

CRM-MG 16.386 Graduada em medicina pela UFJF (1983) e com residências em Cirurgia Geral pelo Hospital Belo Horizonte e em Coloproctologia pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. É membro titular e coordenadora de Coloproctologia no Hospital Madre Teresa. Acredita que o médico tem função social de informar, interagir e se aproximar dos pacientes. Nasceu em uma família de médicos, de onde herdou seu dom para a profissão.
Fechar Menu