Olá, Dra. Hilma. Meu nome é Fabiana, tenho 32 anos. Nunca tive nenhum problema no ânus. Mas agora que entrei quinto mês de gestação, encontrei uma bolinha na região. Não dói, mas estou preocupada.Tenho medo de crescer e se tornar um problema. Além disso, meu intestino prendeu e as fezes estão mais duras. O que está acontecendo comigo? Grávida com hemorroida por ter problemas sérios?

Parecer da Dra. Hilma

Cara Fabiana,

Antes de mais nada, saiba que a situação pela qual você passa é completamente normal. Com o aumento do volume do bebê dentro da barriga, o sangue encontra mais dificuldade para subir pelo corpo. Como resultado, pés, pernas, rosto, vagina e ânus ficam inchados.

A medida em que o útero cresce, o peso do abdômen comprime as veias do ânus, causando dilatação. Assim, surge a “bolinha” que você citou, um nódulo roxo, endurecido e doloroso.

E não é só isso que afeta as gestantes. Além do mais, a prisão de ventre costuma ser um problema frequente nessa fase. O principal motivo são os suplementos indicados para grávidas, como sulfato ferroso, que prendem o intestino. De todo modo, converse com seu médico sobre isso, ele pode perceber a necessidade de trocar a medicação.

Se quiser saber mais sobre o assunto, leia meu artigo Intestino preso na gravidez, como evitar?

Marque consulta

Cuidados com a hemorroida durante a gravidez

A gestação é uma fase intensa na vida da mulher. Afinal, são muitas mudanças no corpo e na vida como um todo. Embora as hemorroidas sejam uma das queixas mais comuns das grávidas, existem cuidados básicos para evitar ou amenizar o problema. Um deles é o banho de assento, que você pode iniciar logo. Trata-se de uma prática antiga e simples, que ensino como fazer no artigo Banho de assento para hemorroida. Funciona mesmo?

Outros cuidados:

  • Beber bastante líquido;
  • Ingerir grande quantidade de fibra;
  • Evitar o uso de papel higiênico;
  • Reduzir a ingestão de temperos;
  • Evitar forçar a evacuação;
  • Realizar atividades físicas moderadas;
  • Procure um coloproctologista.

Dicas da Dra. Hilma

Dra Hilma

Em suma, geralmente a crise hemorroidária ocorre aos cinco meses de gestação. Ao primeiro sinal, procure um coloproctologista e faça o acompanhamento adequado. Assim, a grávida com hemorroida vai evitar complicações. A princípio, O tratamento é clínico, raramente uma grávida necessita de cirurgia.

Por fim, se quiser saber mais sobre o assunto, assista a entrevista na qual desmistifico a hemorroida na gravidez.

Gostou do tema? Acompanhe:

Este é o primeiro artigo da série Hemorroida na gravidez, na qual respondo as principais dúvidas sobre o tema. Você também pode deixar perguntas nos comentários.

Compartilhe

comments
Fechar Menu